Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quatro-Quatro-Dois



Quinta-feira, 22.11.12

Europa garantida



O Benfica entrou em campo frente ao Celtic de Glasgow com um objectivo claro: vencer para manter a esperança do apuramento.

 

No onze a mini surpresa de André Almeida em lugar do tocado Maxi, e de resto o "11" habitual: Artur, Melgarejo, Luisão, Garay e André Almeida, Matic, Ola John, Enzo Perez e Salvio; Cardozo e Lima.

 

O Benfica atacou logo desde os primeiros minutos e aos sete já estava a vencer com um golo de Ola John. Pensei que iriam avançar para uma exibição de luxo numa noite europeia. Mas não. O jogo ficou morno e apesar de ser sempre o Benfica a "cheirar" o golo, foi o Celtic que marcou. De cabeça por Samaras, isolado...num canto...e no primeiro remate que fizeram à baliza. E de repente chegamos ao intervalo com um empare a um golo. Nada a correr como esperado.

 

Na segunda parte exigia-se ao Benfica uma atitude mais agressiva em busca do golo. E assim foi. A equipa entrou muito melhor na segunda parte  e depois de uma boa defesa do GR do Celtic a remate de Lima, ao remate de cabeça do Luisão e do falhanço de Salvio após bom centro de ...Lima, eis que surge o golo...assistência de Luisão e remate de primeira de Garay. Faltavam 20 minutos para o fim e a partir desse momento o Benfica ainda conseguiu mais uma excelente oportunidade através de um remate de Salvio ao ferro e um livre directo de Cardozo. No entanto, e já nos descontos, o Celtic ainda dispôs de uma boa oportunidade que felizmente não concretizou. 

 

Destaques na equipa do Benfica, pela positiva, os dois centrais  (tanto pela exibição conseguida de ambos como pelo segundo golo), André Almeida (e eu não acreditava muito nele), Cardozo (muito mais móvel) e Sálvio...sempre Sálvio...

 

De negativo...um dos do "costume"...Gaitan (entrou a 15 minutos do final para o lugar de um também menos inspirado Lima) ... Não sei se já estará vendido, não sei se desanimado por não ser titular...sei que é lamentável um jogador com tanto talento não se esforçar... são os que mais desprezo...e Gaitan está nessa lista.

 

De destacar também a boa moldura humana na Luz (quase 50 mil) e a boa presença (já habitual) de adeptos do Celtic.

 

Garantir a presença numa competição europeia é a principal nota de destaque de uma partida em que a vitória do Benfica foi incontestável, podia ter sido por maior margem de manobra e é claramente incompreensível que sejamos relegados para o 3º lugar deste grupo...por este Celtic.

 

Achei na altura que o empate em Glasgow era um resultado positivo. Mas isso seria se o Spartak tivesse ganho ao Celtic em casa e se os "católicos" não tivessem feito o brilharete de vencer o...Barcelona em Glasgow (onde empatámos).

 

Neste momento todas as nossas esperanças de continuar na Liga dos Campeões assentam na esperança de dois resultados pouco prováveis...mas este Grupo já nos habitou a tal coisa.

 

 

PS: Vim agora da Luz onde vi a equipa B vencer o Sp. da Covilhã. É exasperante ver tanta falta de talento e qualidade de jogo naquela equipa com a ausência de André Gomes e André Almeida. Os piques do Miguel Rosa nem sempre conseguem disfarçar tudo (e hoje fez mais 2 golos), mas há que investir e insistir no trabalho com jogadores como Cancelo que têm talento mas se estão a perder...é urgente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

rematado por Ricardo às 23:02




Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitas