Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Quatro-Quatro-Dois


Quinta-feira, 05.12.13

Tinha esta memória adormecida, lembrei-me dela hoje

Só para nos situarmos, não que gostemos de nos lembrar, foi no Benfica - Sporting de 2005. O da semana que não aconteceu. Do Luisão e do Ricardo, esse. Estamos situados, adiante.

Combinei com um amigo, o João, ir ver o jogo ao Alvalaxia e assim foi. No meio de muita gente à espera de boas noticias que nunca chegaram, procurámos um lugar sentados. Vagou mais um lugar e sentou-se um senhor ao meu lado. Assim estivemos a ver a primeira parte.
Não sei precisar o momento, talvez tenha sido no intervalo, altura em que ainda deu para conversar um pouco. O meu vizinho do lado começou a falar connosco. Se eramos sócios, se tinhamos lugar e onde. Disse-lhe que sim e na sul. Respondeu-me que pagava três lugares, o dele e os dos dois filhos. Que tinha continuado a pagar o do mais velho apesar de tudo. Não olhava para nós enquanto falava pausadamente, frase a frase, como se se voltasse a convencer, a reconstituir tudo. O filho tinha morrido num desastre não há muito tempo. Continuou a pagar o lugar, "o Sporting era tudo para ele". Não me lembro de mais detalhes do que me disse. Ainda falou do filho um bocado, mas eu sentia-me minúscula perante este horror, ouvi-o e talvez tenha balbuciado uma ou outra palavra de conforto mas apagou-se-me quase tudo da memória. Ficou-me que continuava a pagar o lugar. Como se deixar de o fazer fosse o perder definitivamente a memória do filho, como se fosse a ultima coisa que como pai podia fazer.

 

Publicado também ali.

Autoria e outros dados (tags, etc)

rematado por Pi às 18:45

Terça-feira, 18.09.12

O Ocaso Luisão

 

Não me recordo onde estava no dia em que o Benfica defrontou o Fortuna Dusseldorf. É por esse prisma que analiso a importância de tal jogo na minha vida de benfiquismo. Fui surpreendido por uma sms que em resposta à minha pergunta acerca do resultado me disse "O jogo não chegou ao fim. Confusão com o árbitro".

 

Quando cheguei a casa e vi as imagens na televisão, vi várias coisas, mas o que mais me chocou foi ver no banco do Benfica o treinador Jorge Jesus e o jogador Javi Garcia (supostamente) com a queda aparatosa e cinematográfica do árbitro Christian Fischer. Jesus depois justificou os risos e disse até que foram em momentos diferentes da partida e que falavam de outro assunto. Até poderia ser. Mas a imagem correu mundo.

 

O mais grave veio depois. O Director Geral António Carraça não conseguiu perceber até onde podiam ir os danos colaterais desta situação e limitou-se como bom português a culpar o árbitro de toda a situação e ainda a elogiar Luisão.

 

O assunto deu que falar nas semanas seguintes e finalmente na passada semana chegou o castigo de Luisão: 2 meses de suspensão.

 

Apareceu o "fantasma" da FIFA, mas vários jornais diziam que o Luisão iria jogar na Champions League e que o castigo seria somente para as competições nacionais.

 

Neste fim de semana vi pela primeira vez umas imagens em que se vê que o Luisão até faz uma "paradinha" antes de agredir o árbitro com uma peitada. 

 

Não consegui entender como se pode desculpar uma atitude destas. Especialmente tida num jogo a "feijões", por um jogador com anos de futebol internacional e sobretudo com a responsabilidade de envergar a braçadeira de capitão do Sport Lisboa e Benfica.

 

Hoje chegou a reacção da FIFA: a suspensão é alargada às competições internacionais, falhando então o Luisão os jogos com o Celtic em Glasgow, com o Barcelona na Luz e a dupla jornada com o Spartak de Moscovo (provavelmente os 2 jogos que vão decidir a nossa continuação na Champions).

 

Pelo meio, salva-se a atitude do Presidente do Benfica em perceber a gravidade da situação e num ápice a resolver os problemas com o Fortuna Dusseldorf e quem decidiu (Jorge Jesus ?) que rapidamente Miguel Victor e Jardel deveriam ganhar ritmo na Equipa B do Benfica de forma a suplantar a ausência do capitão. Ambos devem ser titulares amanhã em Celtic Park...

 

No meio disto tudo faço apenas duas perguntas:

 

- O Benfica irá pagar a totalidade do salário do Luisão durante estes dois meses?

 

- Ainda nos vamos queixar das arbitragens e do Sistema no final da época quando num par de semanas perdemos os dois pilares do meio campo, o central mais importante da última década e continuámos sem resolver a questão do defesa esquerdo com uma solução imediata e eficaz?

 

Finalmente queria elogiar a atitude da SAD do Benfica em renovar com Melgarejo. A lateral ou a extremo há ali talento. Espero que o próximo a renovar seja Oscar Cardozo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

rematado por Ricardo às 19:03



Pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Visitas


Posts mais comentados